segunda-feira, 8 de novembro de 2010

JOÃO NOGUEIRA - 10 ANOS DE SAUDADE

Carioca, aprendeu a tocar violão com o pai, o advogado e músico João Batista Nogueira. Na adolescência começou a compor sambas para os blocos carnavalescos do bairro do Méier, onde morava, até que em 1968 sua composição "Espera, ó Nega" foi gravada por um grupo de sambistas. Sua estréia profissional foi em 1970, quando Elizeth Cardoso gravou sua música "Corrente de Aço", inserindo João Nogueira definitivamente no meio musical. Como compositor, teve músicas gravadas por diversos intérpretes como Elis Regina, Clara Nunes, Emílio Santiago, Beth Carvalho, Alcione e outros. Em 1971 ingressou na ala dos compositores da Portela (com o samba "Sonho de Bamba") e foi fundador da escola de samba Tradição. Lançou em 1974 o LP "E Lá Vou Eu", um de seus grandes sucessos, seguido por "Vem que Tem", "Espelho" e vários outros discos. Entre os sucessos desses lançamentos, "Mineira" (com P.C. Pinheiro), "Chorando pelos Dedos" (com Claudio Jorge) e "O Passado da Portela" (Monarco). Foi fundador, ao lado de outros sambistas, do Clube do Samba, para preservar e divulgar o samba carioca. O LP "Clube do Samba" foi lançado pela Polygram em 1980, incluindo "Súplica" (com P.C. Pinheiro) e "Enganadora" (Monarco/ A. Lopes). Outros sambas interpretados por João Nogueira que se tornaram populares são "Se Segura, Segurança" (com Edil Pacheco/ Dalmo Castelo), "É Disso que o Povo Gosta" (Carlinhos Vergueiro), "Cachaça de Rolha" (com P.C. Pinheiro).

Filho do advogado e músico João Batista Nogueira e irmão da também compositora, Gisa Nogueira, cedo tomou contato com o mundo musical. Logo aprendeu a tocar violão e a compor em parceria com a irmã.

Com apenas 17 anos, já era diretor de um bloco carnavalesco no bairro carioca do Méier. Nesta época, a gravadora Copacabana gravou sua composição Espera, ó nega, que João cantou acompanhado pelo conjunto depois chamado Nosso Samba. Em 1970, Elizeth Cardoso ouviu a gravação de sua composição Corrente de aço e resolveu regravá-la.

Em 1971, teve obras suas gravadas por Clara Nunes (Meu lema) e Eliana Pittman (Das duzentas pra lá). Como esta música defendia a ampliação do mar territorial do Brasil para 200 milhas, medida adotada pelo regime militar, João sofreu patrulha ideológica.

Ainda em 1971, João passou a integrar a ala de compositores da Portela, sua escola de coração, onde venceu um concurso interno com o samba Sonho de Bamba. Mais tarde fez parte do grupo dissidente que saíu da Portela para fundar a Tradição. Fundou também o bloco "Clube do Samba", que ajudou a revitalizar o carnaval de rua carioca.

Em mais de quatro décadas de atividade, João gravou 18 discos. Teve vários parceiros, mas o mais importante foi certamente Paulo César Pinheiro.

Quando morreu, vitimado por um enfarte, em 2000, João organizava um espetáculo numa grande casa noturna de São Paulo, e que resultaria no lançamento de uma gravação ao vivo.

Com sua morte, vários colegas se juntaram para apresentar, nas mesmas datas e no mesmo local, um espetáculo em sua homenagem. Participaram Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Arlindo Cruz e Sombrinha, Emílio Santiago, Carlinhos Vergueiro e a família de João: o sobrinho Didu, o filho Diogo e a irmã e parceira Gisa. O show foi gravado para o disco João Nogueira, Através do Espelho.



Nascido e criado na Rua Magalhães Couto, no Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro.
Frequentador de tradicionais botequins cariocas como o antigo "Pé na Poça", situado no bairro onde cresceu.
Sempre homenageou, em seus sambas, "as coisas simples das gentes".
Filho de músico profissional, nunca deixou de estar em contato com o samba e o choro devido às presenças de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Donga e João da Baiana, amigos de seu pai e frequentadores de sua casa.
O pai chegou a tocar com Noel Rosa, segundo o livro "Noel, uma biografia", de João Máximo.
Aprendeu a tocar violão acompanhando o próprio pai, que morreu quando ele tinha 10 anos. "Seu" João Nogueira era violonista e chegou a tocar com o Conjunto Regional, de Rogério Guimarães, e com Jacob do Bandolim. Com a sua morte, a família passou por uma fase difícil. Assim, foi obrigado a trabalhar como vitrinista e vendedor.
Trabalhou, também, como funcionário da Caixa Econômica.
Aos 15 anos, começou a fazer música junto com a irmã, a compositora Gisa Nogueira.
Em 1958, passou a freqüentar o Bloco Carnavalesco Labareda do Méier, do qual, mais tarde, veio a ser diretor.



Foi na sua própria casa do Méier que nasceu o Clube do Samba, que funcionou durante anos a fio com noitadas animadas pelo "Pagodinho de Fundo de Quintal". O Clube mudou-se para o bairro do Flamengo, em seguida para a Associação dos Servidores Civis do Brasil - inaugurado por Clara Nunes - e para o Clube Municipal, antes de chegar à sede definitiva, na Barra da Tijuca. O local, onde funcionava um depósito de bebidas, foi totalmente reformado e decorado por João Nogueira - o fundador e presidente do Clube (1979). Além do salão, com capacidade para mais de 1000 pessoas, funcionava no Clube uma galeria de arte - Guilherme de Brito - e o jardim batizado com o nome de Clara Nunes. Neste, há uma escultura de um sabiá com a seguinte inscrição: "Voa meu sabiá/ Canta meu sabiá/ Adeus, meu sabiá/ Até um dia...", estribilho de um samba do compositor (parceria com Paulo César Pinheiro), gravado por Alcione.
Participou, como ator, do filme Quilombo, de Cacá Diegues, no qual fez o papel de Rufino.
O Bloco Carnavalesco Clube do Samba desfila todos os anos pela Avenida Rio Branco e traz entre seus integrantes: Alcione, Beth Carvalho, Dalmo Castello, Dona Ivone Lara, Gisa Nogueira, Martinho da Vila, Paulinho Tapajós e Paulo César Pinheiro.
Faleceu na madrugada do dia 6 de junho de 2000, vítima de enfarte, quando ainda se recuperava de um AVC que o deixara com algumas sequelas.


Discografia

João Nogueira (1972)

Faixas:
01 - Morrendo verso em verso (João Nogueira)
02 - Maria Sambamba (Casquinha)
03 - Beto Navalha (João Nogueira)
04 - Mãe solteira (Wilson Batista - Jorge de Castro)
05 - Alô Madureira (João Nogueira)
06 - 7º Dia (Garça)
07 - Heróis da Liberdade (Silas de Oliveira - Mano Décio da Viola - M. Ferreira)
08 - Mariana da Gente (João Nogueira)
09 - Prum samba (Egberto Gismonti)
10 - Meu caminho (João Nogueira)
11 - Das 200 para lá (João Nogueira)
12 - Blá Blá Blá (João Nogueira) participação: Gisa Nogueira


E Lá Vou Eu (1974)
Faixas:
01 - E lá vou eu (Mensageiro) (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
02 - Batendo a porta (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
03 - Sonho de bamba (João Nogueira)
04 - Meu canto sem paz (João Nogueira - Gisa Nogueira)
05 - De rosas e coisas amigas (Ivor Lancellotti) participação: Ivor Lancellotti
06 - Eu hein, Rosa (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
07 - Do jeito que o rei mandou (João Nogueira - Zé Catimba)
08 - Partido Rico (João Nogueira - Paulo César Pinheiro) participação: Paulo César Pinheiro
09 - Tempo a bessa (João Nogueira)
10 - Braço de boneca (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
11 - Gago apaixonado (Noel Rosa)
12 - Eu sei Portela (João Nogueira - Gisa Nogueira)


Vem Quem Tem (1975)
Faixas:
01 - Nó na madeira (João Nogueira - Eugênio Monteiro)
02 - Mineira (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
03 - Não tem tradução (Noel Rosa - Francisco Alves - Ismael Silva)
04 - Amor de malandro (Monarco - Alcides Dias Lopes)
05 - Convênio com cupido (João Nogueira)
06 - O Homem de um braço só (João Nogueira)
07 - Samba da bandola (João Nogueira - Cláudio Jorge)
08 - Vem quem tem, vem quem não tem (João Nogueira)
09 - Chorando pelos dedos (João Nogueira - Cláudio Jorge)
10 - Pra fugir nunca mais (João Nogueira - Cláudio Jorge)
11 - Seu caminho se abre (Ivor Lancellotti)
12 - Albatrozes (João Nogueira)



Espelho (1977)
Faixas:
01 - Pimenta no vatapá
02 - Espelho
03 - Malandro JB
04 - Espere! oh nega
05 - Dora das sete portas
06 - O passado da portela
07 - Apoteose do samba
08 - Wilson, Geraldo e Noel
09 - Batucajé
10 - Samba de amor
11 - Quem sabe é deus
12 - Desengano



Vida Boêmia (1978)
Faixas:
01 - Bares da cidade (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
02 - Moda da barriga (João Nogueira)
03 - Baile no Elite (João Nogueira - Nei Lopes)
04 - Bate-boca (Mauro Duarte - Walter Nunes)
05 - Recado ao poeta (Eduardo Gudin - Paulo César Pinheiro)
06 - As forças da natureza (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
07 - Maria Rita (Luis Grande)
08 - Bela cigana (Ivor Lancellotti - João Nogueira) participação: Clara Nunes
09 - Amor de fato (João Nogueira - Cláudio Jorge)
10 - Sem medo (João Nogueira)
11 - A cor da esperança (Cartola - Roberto Nascimento)
12 - Ao meu amigo Edgard (Noel Rosa - João Nogueira)



Clube do Samba (1979)
Faixas:
01 - Súplica (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
02 - Arquibundo (Maurício Tapajós - João Nogueira)
03 - Dama da noite (Maurício Tapajós - João Nogueira)
04 - Nicanor Belas Artes (Chico Anísio - João Nogueira)
05 - Canto do trabalhador (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
06 - Esse meu cantar (João Nogueira)
07 - Amor de dois anos (Luiz Grande)
08 - Dia de azar (Paulo Valdez - João Nogueira)
09 - Enganadora (Alcides Dias Lopes - Monarco)
10 - Terno branco (Gisa Nogueira)
11 - Iô iô (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
12 - Samba rubro-negro (Jorge de Castro - Wilson Batista)


Boca do Povo (1980)
Faixas:
01 - Poder da criação (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
02 - "Seu" dono da gente (Wilson Moreira - Nei Lopes)
03 - Lá de Angola (Geraldo Vespar - João Nogueira)
04 - Quedas e curvas (Ivor Lancellotti - João Nogueira)
05 - Saudade de solteiro (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
06 - Mulher valente é minha mãe (João Nogueira)
07 - Trabalhadores do Brasil (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
08 - A força do samba (Luiz Grande)
09 - Serei teu ioiô (Monarco - Paulo da Portela)
10 - Linguagem do morro (Padeirinho - Ferreira dos Santos)
11 - Cavaleiros santos (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
12 - Bons ventos (Ivor Lancellotti - João Nogueira)


Wilson, Geraldo, Noel (1981)
Faixas:
01 - Louco (Ela é seu mundo) (Henrique de Almeida - Wilson Batista)
02 - De babado (João Mina - Noel Rosa)
03 - Bolinha de papel (Geraldo Pereira)
04 - Você vai se quiser (Noel Rosa)
05 - Você está sumindo (Jorge de Castro - Noel Rosa)
06 - O maior castigo que eu te dou (Noel Rosa)
07 - Samba no Meyer (Dunga - Wilson Batista)
08 - Positivismo (Noel Rosa - Orestes Barbosa)
09 - Pedro do Pedregulho (Geraldo Pereira)
10 - Esta noite eu tive um sonho (Wilson Batista - Moreira da Silva)
11 - Largo da Lapa (Marino Pinto - Wilson Batista)
12 - Feitio de oração (Vadico - Noel Rosa)


O Homem dos Quarenta (1982)
Faixas:
01 - O Homem dos Quarenta (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
02 - Meu dengo (Luiz Grande)
03 - Besouro da Bahia (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
04 - Pimpolho moderno (Nelson Cavaquinho - Gerson Filho)
05 - Transformação (Jurandir)
06 - Minha missão (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
07 - Dinheiro nenhum (João Nogueira - Ivor Lancellotti)
08 - Juramento falso (J - Cascata - Leonel Azevedo)
09 - Coisa ruim demais (João Nogueira - Ivor Lancellotti)
10 - Temores (João Nogueira - Toquinho)


Bem Transado (1983)
Faixas:
01 - Se segura, segurança (Dalmo Castello, Edil Pacheco, João Nogueira)
02 - Sapato de trecê (Nonato Buzar, João Nogueira)
03 - Retrato de saudade (Rafael Rabello, Paulo César Pinheiro)
04 - Outros tempos (Ivor Lancellotti, João Nogueira)
05 - Carica de coração (Nonato Buzar, Pitty Mello)
06 - Clube do samba (João Nogueira)
07 - Sonhos de uma noite de verão (Reginaldo Bessa, Nei Lopes)
08 - Dois dois (Mateus, Clóvis, Dadinho)
09 - Lua com limão (Cláudio Cartier, Paulo César Feital)
10 - Como será? (Ano 2000) (Padeirinho)


Pelas Terras do Pau-Brasil (1984)
Faixas:
01 - Xingu (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
02 - Na Boca do Mato (Luis Grande)
03 - Mel da Bahia (João Nogueira - Edil Pacheco)
04 - Nos teus olhos (João Nogueira - Nonato Buzar)
05 - Anunciando o Sol raiar (Jurandir da Mangueira - Cláudio)
06 - Vovô Sobral (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
07 - Chico Preto (João Nogueira - Paulo César Pinheiro)
08 - Dois de Dezembro - Dia do Samba (João Nogueira - Nonato Buzar - Paulo César Feital)
09 - Meu louco (João Nogueira - Paulo César Feital)
10 - Segredo (Herivelto Martins - Marino Pinto)


De Amor é Bom (1985)
Faixas:
01 - De Amor É Bom (Edil Pacheco / João Nogueira)
02 - Pimba Na Pitomba (Luis Grande)
03 - Jornal Cantado (João Nogueira / Paulo César Feital)
04 - Terra Gira (João Nogueira)
05 - Ben-hur dos Macacos (Aldir Blanc / Cláudio Cartier)
06 - Rei Senhor, Rei Zumbi, Rei Nagô (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)
07 - Chavão (Baden Powell / Paulo César Pinheiro)
08 - É Disso Que O Povo Gosta (Carlinhos Vergueiro)
09 - Alô Rio (Ivor Lancellotti / João Nogueira)
10 - Chorando Pela Natureza (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)


João Nogueira (1986)
Faixas:
01 - Boteco Do Arlindo (Maria do Zeca / Nei Lopes)
02 - Eu Não Falo Gringo (João Nogueira / Nei Lopes)
03 - Figuraça (Cristóvão Bastos / Paulo César Pinheiro)
04 - Bahia Morena (Edil Pacheco / João Nogueira)
05 - Primeira Mão (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)
06 - Sonhos de Natal (Samba Enredo da G R E S Tradição) (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)
07 - Malandro 100 (João Nogueira / Luis Grande)
08 - Tô Pianinho (João Nogueira / Luis Carlos da Vila)
09 - Poeira da Idade (Luis Violão)
10 - Triste Regresso (Roque Ferreira)


João (1988)
Faixas:
01 - Fôia de Amor (Edil Pacheco / João Nogueira)
02 - Cachaça de Rolha (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)
03 - Coração de Malandro (João Nogueira / Paulo César Pinheiro)
04 - Pelas Ruas de Recife (Marcos Valle / Novelli / paulo Sergio Valle)
05 - Sem Companhia (Ivor Lancellotti / Paulo César Pinheiro)
06 - Levanta Brasil (João Nogueira / Nonato Buzar)
07 - Maria do Socorro (Carlinhos Vergueiro / João Nogueira)
08 - Vai Coroa (João Nogueira / Nonato Buzar / Orlandinho)
09 - Tudo Acabou Em Samba (João Nogueira)


Além do Espelho (1992)
Faixas:
01 - Além do Espelho
02 - Mineira - Batendo a porta - Eu hein, Rosa
03 - Sereno
04 - Luz Maior
05 - Súplica
06 - Agora Drummond
07 - Beco Com Saída
08 - Espelho - Do Jeito que O Rei Mandou - Corrente de Aço
09 - Bicho Homen
10 - Nó Na Madeira; Maria Rita; Clube do Samba II
11 - Ecoloxé


Parceria - João Nogueira e Paulo César Pinheiro - Ao Vivo (1994)
Faixas:
01 - Espelho
02 - Eu Heim, Rosa
03 - E Lá Vou Eu
04 - Bafo De Boca
05 - Bares Da Cidade
06 - As Forças Da Natureza
07 - Batendo A Porta
08 - Chorando Pela Natureza
09 - Banho De Manjericão
10 - Súplica
11 - O Poder Da Criação
12 - Minha Missão
13 - Um Ser De Luz
14 - Chico Preto
15 - Rio Samba Amor E Tradição
16 - Primeira Mão
17 - Além Do Espelho


Chico Buarque, Letra & Música - João Nogueira e Marinho Boffa (1996)
Faixas:
01 - Feijoada Completa
02 - A Rita
03 - Samba E Amor
04 - Com Açúcar, Com Afeto
05 - Homenagem Ao Malandro
06 - O Meu Guri
07 - Olhos Nos Olhos
08 - Sem Fantasia
09 - Quem Te Viu, Quem Te Vê
10 - Sonho De Um Carnaval
11 - Gota D'Água
12 - Bastidores
13 - Deixe A Menina
14 - Olê, Olá


João de Todos os Sambas (1998)
Faixas:
01 - Haja coração (Luiz Carlos - Elias Muniz)
02 - Não há felicidade (Ando - Dedé Paraíso)
03 - Estrela da manhã (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
04 - Caminha Caymmi (Edil Pacheco - Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
05 - Chic radical (Jorge Semas - Marcos Paiva)
06 - Ai! Que calor (Jorge Cardoso - Beto Correa)
07 - Quando parei no sinal (Arlindo Cruz - Franco)
08 - Pro mundo morar (João Nogueira - Mário Lago)
09 - Carente de amor (Helinho do Salgueiro - Márcio Paiva - Mauro Jr.)
10 - Quem me quiser (Carlos Cola - Gilson)
11 - Apitaço (João Nogueira)
12 - Coração na voz (Nonato Buzar - Gerude - Nosli)
13 - Pra que ciúme (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)
14 - Rocinha (Paulo César Pinheiro - João Nogueira)

0 comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...